terça-feira, 22 de julho de 2014

escrever é preciso


Tenho muitas canetas, mas escrevo pouco. Com canetas.
Prefiro lápis. Mas com eles também tão pouco escrevo.
Nem rabiscos.
Na maioria, as letras são digitadas.
Aos papéis, que me rodeiam, sobram apenas lembretes,
listas, anotações soltas e até algumas poesias.
Escritos a mão, à lápis ou com canetas.

o restante eu digito. afinal, escrever é preciso.


segunda-feira, 7 de abril de 2014

JAC apresenta nova linha de compactos J3 S e J3 Turin S

Modelos oferecem motorização única de 1.5 litro e custam R$ 40 mil e R$ 41,7 mil, respectivamente


A JAC Motors apresentou ontem à imprensa especializada os novos J3 S 1.5 Jet Flex e J3 Turin S 1.5 Jet Flex, que chegam com as carrocerias recentemente redesenhadas pela marca. O J3 S 1.5 JetFlex vai custar R$ 39.990 e o J3 Turin S 1.5 Jet Flex, R$ 41.690. Modelos J3 e J3 Turin, com motor 1.4 gasolina, continuam sendo vendidos.

Também utilizada pelo J5, ambos os modelos utilizam o mesmo motor 1.5 16V VVT, de 125 cv a gasolina e 127cv com etanol, a 6000 rpm. De torque, são 152 Nm (gasolina) e 154 Nm (etanol), ambos a 4.000 rpm e com transmissão manual de cinco velocidades. Segundo a JAC, os compactos aceleram de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos, e se aproximam de 200 km/h de velocidade máxima.



Ares esportivos – Adornado com faixas decorativas, o J3 reflete aparência mais esportiva. Novas rodas especialmente desenhadas também dão o tom nervoso do novo JAC. Os modelos também ganharam costura no revestimento do volante da direção, bancos e coifa do cambio, além de iluminação do painel em cor vermelha, novos pedais e soleiras.

Os dois novos modelos da JAC já vem de fábrica equipados com direção hidráulica, ar-condicionado, CD MP3 player com USB, sensor de estacionamento, volante revestido em couro com comandos multi-função e regulagem de altura, porta-revistas, porta-copos, chave canivete com destravamento remoto das portas, alarme anti-furto, bancos em Black Fabric com ajuste do apoio de cabeça, tomada de 12 volts, luz de leitura e mais uma boa lista de itens de série.


No quesito mecânica, o modelo ressalta o conforto com suspensão dianteira independente, tipo McPherson com molas helicoidais; e suspensão traseira independente, tipo Dual Link também com molas helicoidais. Além disso, há também a segurança de seus freios ABS com EBD e seu airbag duplo, que também são padrões da marca antes da obrigatoriedade por lei no Brasil. Com pneus 185/60 R15, as rodas em liga de alumínio de 15" estão disponíveis em diversos modelos ao gosto do consumidor.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Citroën realiza parceria com a ONG Banco de Alimentos

Três unidades do modelo Jumper serão utilizados pela organização para fazer o recolhimento e distribuição de alimentos descartados em pontos comerciais


Combater a fome com a redução do desperdício de alimentos é o que a organização não governamental Banco de Alimentos faz desde 1998 no país e que, a partir de agora, conta com a parceria da Citroën do Brasil. Três unidades do furgão Jumper 2.3 JTD 35 LH começaram a rodar na cidade de São Paulo para fazer a chamada “colheita urbana”, recolhendo e redistribuindo alimentos excedentes de comercializações, mas que ainda estão em perfeito estado para o consumo.

“A grande importância desta parceria é a visão comum de valorização do ser humano e preservação do meio ambiente, reforçando nossa luta diária contra o desperdício”, destaca a presidente e fundadora da ONG, Luciana Chinaglia Quintão.

A partir de agora, o Banco de Alimentos contará com os furgões da marca para a operação de retirada de alimentos dos doadores – em geral, composta por sacolões, hortifrútis, mercados municipais, fabricantes, distribuidores e até de agricultores – e a entrega nas inúmeras instituições sociais e associações cadastradas pela entidade.


Além dos veículos, a Citroën vai se responsabilizar por todo o serviço de revisão e manutenção dos furgões. “Queremos contribuir de forma efetiva neste exercício diário de cidadania promovido pelo Banco de Alimentos, oferecendo um produto moderno e 100% adequado às suas necessidades”, afirma João Paulo Toscado, gerente geral de Vendas Corporativas da Citroën do Brasil.

A ONG Banco de Alimentos também fornecerá relatórios mensais de controle e gestão dos furgões, o que proporcionará a geração de um detalhado banco de dados operacional. “Isto nos dará a possibilidade de analisar as evoluções de nosso Custo Total de Operação (TCO), tendo em vista, principalmente, o uso severo da atividade”, explica o executivo. Estas informações serão utilizadas em futuras evoluções de Produto e em ações com clientes B2B e frotistas.

Sobre o Banco de Alimentos – Desde janeiro de 1999 até outubro de 2013, o Banco de Alimentos arrecadou na Grande São Paulo 5.235.161 quilos de alimentos, sendo 49.334.483 de refeições complementadas, beneficiando mais de 20 mil pessoas (entre crianças, jovens, adultos e idosos) por dia.

Os alimentos são distribuídos para as 43 instituições cadastradas no projeto, em geral creches, hospitais, casas de apoio, asilos, albergues, associações de adolescentes etc.

A ONG Banco de Alimentos também promove ações educativas e profiláticas voltadas às comunidades atendidas, em convênio com faculdades de nutrição, e organiza ações que promovem o fim da cultura do desperdício e alertam para a cidadania consciente.

Hoje o Brasil desperdiça, em média, 39 milhões de quilos de alimentos, sendo que esta quantia daria para alimentar cerca de 19 milhões de pessoas diariamente com café da manhã, almoço e jantar. Fora isso, o descarte de alimentos também é responsável pelo aumento da poluição. “Cada 1 kg de alimento jogado no lixo vai gerar 400 g de gás carbônico”, afirma Luciana, que comemora a parceria com a nova fase de expansão da ONG prevista para 2014.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Mercedes-Benz desenvolve carro-conceito para vídeo game

De proporções radicais, conceito utiliza motor de 585 cavalos e 800 Nm de torque, mas não será produzido em série.


Designers da Mercedes-Benz desenvolveram um visionário superesportivo conceitual para o novo game automobilístico Gran Turismo 6, da PlayStation, o Mercedes-Benz AMG Vision Gran Turismo.

O conceito teve sua apresentação mundial em 19 de novembro na abertura do novo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Mercedes-Benz em Sunnyvale, Califórnia, nos Estados Unidos, na forma de um modelo em tamanho real, e está sendo mostrado também no Salão de Los Angeles.

O superesportivo com as portas em asa de gaivota, marca registrada da Mercedes, será levado às pistas de corridas virtuais quando o novo game começar a ser vendido, no próximo mês de dezembro, como o primeiro de uma série de veículos “Vision Gran Turismo”. O modelo não chegará a ser produzido em série. É um carro criado apenas para o mundo virtual, mas suas formas são magistrais. Uma mescla de curvas, proporções e extremos, com desenho totalmente fluído, como imaginam os engenheiros o visual dos carros do futuro.




Com suas proporções e sua aparência expressiva, o Mercedes-Benz AMG Vision Gran Turismo personifica a filosofia que define o design da marca. As proporções típicas dos carros esportivos da Mercedes foram reinterpretadas: o longo capô apresenta uma transição fluida para a compacta área envidraçada deslocada para a traseira, que assume a forma de uma gota d’água aerodinamicamente eficiente, descendo levemente na traseira, onde se apoia sobre uma área com contornos lembrando largos ombros.

Outro item que prende a atenção é a grade do radiador – uma reinterpretação da larga grade dos carros esportivos da Mercedes-Benz com a estrela ao centro. Sua forma remete ao legendário carro de corridas 300 SL de 1952. Mas, em lugar das clássicas persianas da grade, o show car apresenta exclusivamente LEDs. A grade variável de LEDs, com diferentes padronagens de luzes, é um desenvolvimento além da grade em diamante introduzida no novo Classe A.

Construção inteligente – O motor AMG V8 biturbo que ´equipa` o Vision tem respostas excepcionalmente ágeis, reagindo à menor movimentação do acelerador. Ele desenvolve 585 cv e tem torque máximo de 800 Nm.

Com uma carroceria com estrutura espacial em alumínio e componentes de fibra de carbono, material de escolha do automobilismo esportivo, o Mercedes-Benz AMG Vision Gran Turismo pesa apenas 1.385 quilogramas. Isto resulta em cerca de 2,4 quilos por cv – valor inigualado no segmento dos superesportivos, que garante um desempenho dinâmico excepcional.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Mercedes-Benz traz nova Classe S ao Brasil

S 500 L, primeira versão comercializada no país, chega à rede de concessionários este mês; versão esportiva S 63 L AMG chega ao país no início de 2014


A Mercedes-Benz anuncia a chegada ao Brasil da nova Classe S. Oferecida no país na versão S 500 longa, a nova geração do modelo mais luxuoso e avançado entre os automóveis da marca estabelece padrões ainda mais elevados de conforto, segurança e tecnologia, com preço sugerido de US$ 266 mil, ou cerca de R$ 603 mil.

Segundo a montadora, o desenvolvimento da nova Classe S envolveu três prioridades: condução inteligente (Intelligent Drive), eficiência tecnológica (Efficient Technology) e a essência do luxo (Essence of Luxury). A missão dos engenheiros, designers e técnicos da Mercedes-Benz foi cumprida à risca: o resultado é um carro que representa não apenas o que há de mais tecnológico da marca, mas está na linha de frente do desenvolvimento de toda a indústria do automóvel.



Equipado com motor V8 bi-turbo de 455 cv e 700 a 1.800 Nm, e utilizando câmbio automático 7G Tronic Plus, o enorme sedã de quase 5,5 metros de comprimento e pouco mais de dois mil quilos acelera de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e atinge velocidade máxima, limitada eletronicamente, de 250 km/h.

O alto desempenho e a perfeição até o último detalhe está por trás da busca pela “essência do luxo”, oferecida pelo novo S 500 L. Também são notáveis os novos sistemas de informação e entretenimento, além do conforto e da segurança proporcionados aos ocupantes do banco traseiro – de extrema importância em um automóvel de nível superior, frequentemente usado como veículo executivo e de representação.

O nível múltiplo de funcionalidade da iluminação é outra novidade: para conforto dos usuários da estrada que trafegam atrás, a intensidade das lanternas traseiras é reduzida durante a noite ou quando o carro para nos semáforos. Quase 500 LEDs iluminam a estrada, o veículo, o interior e o porta-malas.



Outro item aperfeiçoado presente no S 500 L, importante para o conforto do motorista, é o sistema de auxílio ativo de estacionamento que agora, além de estacionar o carro automaticamente em vagas paralelas, também funciona para espaços transversais, como as vagas disponíveis na maioria dos estacionamentos públicos, em shoppings ou supermercados.

Posicionado como um sedã de prestígio em grandes mercados, como os Estados Unidos, China ou Japão, o Novo S traz uma grande quantidade de novos itens especificamente relacionados ao conforto e segurança na parte traseira do veículo.

Versão esportiva – O sedã esportivo S 63 L AMG, também em nova versão, chegará ao Brasil no primeiro semestre do próximo ano. A versão desenvolvida pela AMG, marca de performance da Mercedes-Benz, traz motor com 585 cv e torque de 900 Nm e, para maior controle e desempenho, é dotada de tração integral permanente. Como todos os modelos AMG, o carro tem estilo diferenciado, privilegiando a aerodinâmica, e um interior combinando o luxo a uma extrema esportividade.

McLaren estuda produzir rival do Golf

Fabricante de superesportivos quer lançar modelo de produção em série


Parece uma brincadeira inocente, mas não é. Durante uma entrevista à publicação holandesa De Telegraaf, Frank Stephenson, o chefe de design da McLaren, assegurou que, a até então fabricante exclusiva de carros de alta performance, está ´trabalhando num rival do VW Golf` produzido com chassi de fibra de carbono assinado pela McLaren, situado entre 30 mil e 40 mil euros, para um futuro próximo.

Se a BMW pode fabricar o i3 com chassi de composto de fibra de carbono ´de maneira rentável, por 35 mil euros`, disse o executivo, ´a McLaren também pode conseguir algo semelhante, se trabalhar em parceria com um provedor de composites a baixo custo`. Mas, se for o caso, há um longo caminho a percorrer.

Kia prepara segunda geração do Soul com propulsão elétrica

Novo modelo faz parte do programa ´Clean Mobility` da montadora coreana


A Kia Motors confirmou a produção de uma nova versão totalmente elétrica do Kia Soul, programado para chegar ao mercado no segundo semestre de 2014. Batizado como Kia Soul EV, o modelo será o primeiro carro de família da marca com motor elétrico, taxa zero de emissões, comercializado fora da Coreia do Sul.

O novo Kia Soul EV é o primeiro do novo programa da Kia Motors “Clean Mobility”, criado para fornecer transporte ambientalmente amigável aos clientes da marca em todo o mundo. Apesar de ser o primeiro veículo totalmente elétrico comercializado da Kia Motors, o Soul EV é a segundo modelo da marca a incorporar esta tecnologia e terá todos os benefícios de nossa profunda experiência adquirida com o desenvolvimento do Kia Ray EV nos últimos três anos.

Além de incorporar o design diferenciado da segunda geração do Kia Soul, recém-lançado, a bateria do Soul EV foi projetada para o uso prático e diário. Adequado para os motoristas que rodam na cidade e estrada, o modelo será equipado com bateria de alta capacidade, ou seja, 27 kWh de lítio-polímero. O Soul EV terá autonomia de 200 km com uma única carga.

Segundo a montadora, o Soul EV vai de 0 a 100 km/h em menos de 12 segundos e sua velocidade final é 145 km/h. Para maximizar a eficiência e a sua potência, o Kia Soul EV traz um sistema de travamento regenerativo que recicla a energia da bateria quando o veículo está parado ou em processo de frenagem.

O carregamento da bateria pode ser realizado em qualquer tomada com eletricidade doméstica. O tempo de recarga dura até cinco horas para uma bateria totalmente descarregada, utilizando padrão de 240V ou 230V.

A frota de protótipos do novo Kia Soul EV está em testes intensivos na Coreia, Europa e América do Norte. O modelo é baseado no novo Kia Soul 2014, versão que traz melhorias significativas quando comparada com a primeira geração da marca. Entre as mudanças, destaques para entre-eixo mais longo (2,57 cm), carroceria 29% mais rígida e suspensão atualizada, oferecendo mais conforto e requinte.